top of page

Advento: Uma ressignificação à vida cristã

Por: Graciela Kenopk

No dia 29 de novembro tem início o Advento. É um tempo litúrgico especial, pois marca o início de um novo ano litúrgico. O Advento é um tempo de preparação ascética para a festa do Natal. Ou seja, ele não é só um tempo de espera, mas também de conversão e vigilância, por isso, penitencial. 

Celebrar o Advento em meio à pandemia de Covid-19 é uma nova oportunidade de ressignificar nossa vida cristã. E novamente recordarmos que fomos desejados no coração de Deus para um projeto de vida eterna.

“Com a pandemia vivenciamos a nossa limitação, fragilidade e, principalmente, nossa necessidade de uma vida plena de sentido e espiritualidade. A pandemia, assim como o Advento, nos faz ver a necessidade de nos prepararmos ainda mais para um novo céu e uma nova terra (Cf. Ap 21,1)”, afirma o diácono Caio Matheus Caldeira da Silva, mestre em Teologia Dogmática e Bíblica.

Neste tempo, cada católico busca o seu aperfeiçoamento espiritual para acolher ao Verbo Salvador. O Advento é a rememoração de cada cristão da segunda vinda de Cristo no fim dos tempos. Os textos litúrgicos das quatro semanas do Advento relembram fatos importantes da vida cristã: a conversão, a vigilância, a esperança e a promessa da vinda escatológica de Jesus.

O Advento, por excelência, é um tempo mariano, pois ressalta a cooperação de Maria no mistério da redenção. “O advento é o encontro com o Senhor que entra em nossa vida e a manifestação daquilo que o Senhor opera em nós, para que se transforme em dom para os outros”, diz o diácono.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Os quatro personagens do Advento

<p>O tempo do Advento é o tempo de preparação para o Santo Natal, com duração de quatro semanas. É um tempo todo especial, também um temp...

bottom of page